ROBERTA CAMPOS E TUIA (CANCELADO)

21/01/2022   -   Sexta-feira às 21:00 h   -   Show de Musica   -   90   -   12 anos
Osasco   -   Teatro ASPRO   -   Rua Joaquim Dias de Oliveira, 22 - Vila dos Remédios
INFORMAÇÕES
SINOPSE
FOTOS


Atenção!


Sessão com ingressos esgotados.

Descrição

Evento adiado para 21 de Janeiro de 2022

OBRIGATÓRIO APRESENTAR CARTEIRINHA DE VACINAÇÃO EM DIA OU VIA APP CONECTE SUS + RG OU CNH.
CASO NÃO APRESENTAR NÃO SERÁ DEVOLVIDO O VALOR DOS INGRESSOS.


“A realização e produção do evento é de inteira responsabilidade da empresa produtora/realizadora, sendo a MegaBilheteria.com apenas intermediadora da venda dos ingressos!”

INGRESSO ONLINE: APRESENTE NA TELA DO CELULAR, A VALIDAÇÃO SERÁ FEITA VIA "QR CODE", NÃO REPASSE SEU "QR CODE" A NINGUÉM, É DE SUA RESPONSABILIDADE O USO E PRESERVAÇÃO DO MESMO.

**PROIBIDA ENTRADA APÓS O INÍCIO DO ESPETÁCULO**

**RESPEITE A CLASSIFICAÇÃO DO EVENTO**

**TIPOS DE INGRESSOS**
MEIA: Professores (e funcionários do quadro escolar), Estudantes, Pessoas acima de 60 anos, Portadores de Deficiência e seu acompanhante(1).
ANTECIPADO: Para todas as pessoas que comprarem antecipadamente
INGRESSO SOLIDÁRIO: Doando 01 Kg de alimento não Perecível na entrada do evento
Cliente VIP Aspro: Válido somente para quem é cliente VIP Aspro cadastrado em nossa base de dados no site do teatro. A comprovação é feita por lista na bilheteria na validação dos ingressos

SINOPSE

participação especial do cantor TUIA, nome importante da chamada nova MPB, autor do sucesso Flor, que está entre as mais tocadas nas Rádios Nova Brasil FM e Alpha FM. Parceiro de Guarabyra, Renato Teixeira, Zé Geraldo, Ana Vilella, Tavito, entre outros importantes nomes da nossa MPB.

ROBERTA CAMPOS

“O Amor Liberta” é o novo álbum de Roberta Campos. Com 11 faixas inéditas, o trabalho produzido por Paul Ralphes mostra uma Roberta que se abriu para outros gêneros. Na mistura de sua MPB de voz e violão com indie, jazz, bossa nova ou blues, as faixas ganham swing e preservam a leveza característica da artista.

 

Neste show, Roberta apresentará suas mais novas músicas em formato voz e violão, além de outras tantas que marcaram a carreira da artista e foram de grande sucesso nas rádios e também nas trilhas das novelas nacionais.

Assim, as novas faixas que já são sucesso de público e crítica, como “Miragem”, “Pro Mundo Que Virá”, “Começa Tudo Outra Vez” e “É Natural”, estarão juntas de hits como “De Janeiro a Janeiro”, “Minha Felicidade”, “Abrigo” e de suas releituras tão particulares de “Casinha Branca” e “Quase sem Querer”, entre outras tantas belas canções de amor e de bem viver que marcam o estilo da cantora e compositora mineira.

A direção musical é da própria Roberta Campos. Figurino da Julia Pak.

‘“O Amor Liberta” é um álbum que fala sobre o meu momento, traz uma mensagem de resiliência, amor, força, coragem! Partindo do amor próprio que reverbera em toda a nossa vida. Fiquei por 6 anos sem lançar um álbum cheio e nesses seis anos eu me conheci muito, eu me perdoei, me melhorei, me aceitei, eu aprendi a me amar!’, conta Roberta.

 

TUIA

 

Cantor e compositor, vindo do Vale do Paraíba - interior de São Paulo -  Tuia despontou nos anos 90 com a banda Dotô Jéka.

Surgida em 1993, com uma proposta ousada e inovadora de misturar rock com música caipira, a banda DOTÔ JÉKA se destacou pela sua originalidade. Seu primeiro trabalho, que contou com o mesmo produtor dos RAIMUNDOS, foi lançado pela gravadora VIRGIN/EMI. Após várias apresentações em programas como: XUXA HITS, JÔ SOARES ONZE E MEIA , PROGRAMA LIVRE, entre outros, alcançou os primeiros lugares nas rádios do interior de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Nordeste. A versão de ROMARIA de Renato Teixeira (que participou do CD) e acabou ganhando também um clipe na MTV com diversas matérias na imprensa escrita, em destaque a revista BILLBOARD americana.

 

Em 2011 lançou seu primeiro trabalho solo em CD/DVD "Tuia ao vivo" que ficou entre os 20 mais vendidos pela Tratore (distribuidora independente), tendo destaque a música "O CÉU" nas rádios do Nordeste e Minas Gerais.

Veio em 2013 o disco de estúdio "Jardim Invisível", que trazia uma versão mais intimista e leve do seu folk rock e fez com que Tuia conseguisse fazer uma turnê nacional com êxito, de maneira independente, nos moldes da canção estradeira de Renato Teixeira "Amanheceu peguei a viola enfiei na sacola e fui viajar..." O disco foi escolhido entre mais de dois mil títulos, para concorrer ao Prêmio da música Brasileira.

 

Em 2016 Tuia lançou seu terceiro disco "Reverso Folk" (pela primeira vez distribuído por uma grande gravadora a Sony music). Produzido no Vale do Paraíba (interior de SP) e São Paulo, o disco vem com esse tom natural rural urbano, mas que sai do caminho das raízes e dos novos "indies alternativos", mantendo uma identidade mais "pop" e "brasileira".

"Reverso" significa uma volta aos textos poéticos a serviço da melodia e esteticamente soa quase como uma "subversão" ao folk tradicional, deixando um pouco de lado o ícone Bob Dylan e trazendo a tona os "mestres" do folk brasileiro como Zé Geraldo em "Ainda a mosca" que traz uma referência "Raul Seixista", Tavito com "Vermelho coração" mostra o lado mineiro cancioneiro e "Flor" com Guarabyra, convida a todos para uma "nova velha" viagem de volta a estrada dos amores rurais...O primeiro single "A cor do dia" está na programação da rádio Nova Brasil FM. O disco também foi escolhido pelo importante site de música Tramp, como um dos 100 melhores discos do ano.

 

Tuia tem feito shows com os maiores nomes da geração clássica e da moderna música brasileira, tais como Beto Guedes, Kleiton e Kledir, Tavito, Sá e Guarabyra, Zé Geraldo, Eduardo Araújo, Paulinho Pedra Azul, Marcelo Jeneci, Landau, entre outros...

Em 2017 Tuia, Tavito, Guarabyra e Ricardo Vignini se juntaram para realizar o projeto "As Gerações do folk e rock rural" tendo Tuia como proponente e anfitrião do show...O projeto estreou no edital da Caixa Cultural em Curitiba e Rio de Janeiro, com a turnê correndo para as principais capitais do Brasil, como Sescs e a nova Casa Natura de shows em São Paulo.

 

Começo do ano de 2018, Tuia fez dois shows com o "Encontro de gerações" no Sesc Vila Mariana em SP, com ingressos esgotados, com a gravação do DVD, mais participação especial de Ze Geraldo...que gerou o disco NÓS DO ROCK RURAL lançado pela gravadora KUARUP no Sesc Pinheiros em fevereiro 2019.

Tuia  lançará um novo trabalho "VERSÕES DE VITROLA VOL.1" pela gravadora Kuarup, com clássicos mineiros e pantaneiros como Espanhola de Sá e Guarabyra e Flávio Venturinni, Chalana que ficou consagrada na interpretação de Almir Sater, Senhorita clássico de Zé Geraldo, a versão moderna de Linda Juventude do 14 Bis que contou com a participação de Ana Vilela (cantora de maior sucesso da nova geração do folk pop, estouro do hit Trem bala) e Começo meio e fim de Tavito que foi um estouro na versão do Roupa Nova. O trabalho também traz o frescor de uma canção inédita de autoria de Tuia chamada Flor.

 

A versão de Linda Juventude (14Bis) faz parte de uma série de lançamentos que ousam em colocar para um novo público um apanhado de vários clássicos do rock rural desde dos mais regionais até os mais populares, trazendo na voz de Tuia e nos novos arranjos inovação e modernidade para o futuro do folk. A música ficou entre as mais tocadas nas maiores rádios de MPB, NOVA BRASIL FM e ALPHA FM ambas redes nacionais...A segunda música de trabalho nas rádios já está rolando e é uma composição do grande KIKO ZAMBIANCHI "Tudo é Possível".

 

Em 2020 o disco "VERSÕES DE VITROLA " também contará com um dueto da nova versão da música O CÉU ( composição de Tuia) com uma das maiores cantoras brasileiras ELBA RAMALHO, a faixa foi produzida por Alexandre Fontanetti ( produtor dos discos de Nando Reis, Zeca Baleiro, Rita Lee...) . A música já está na programação da rádio Nova Brasil FM. O disco conta com dois dos maiores produtores atuais da MPB,  além de Alexandre Fontanetti, também o produtor Juliano Cortuah ( produziu grandes novos nomes do folk pop como Ana Vilela, AnaVitoria). Lançou também o clipe single da nova música De Repente que traz uma sonoridade que mistura o folk rock rural com elementos da música eletrônica dos anos 90/2000...Foi produzida e mixado pelo celebrado jovem João Milliet ( que trabalhou com nomes atuais e modernos como a artista Mamundi e a dupla pop consagrada Sandy& Junior).

 

Para 2021 foi aprovado no edital PROAC para a gravação de um show exclusivo chamado "Tuia 25 anos" que será lançado como um disco ao vivo e também prepara o lançamento de seu novo álbum de inéditas com músicas como Flores da manhã (com as participações especiais de Guarabyra e Zeca Baleiro), Mais louco é o coração e Sinais de amor ( mixada pelo engenheiro de som Alberto Vaz em Nashville no estúdio da cantora americana Sheryl Crow). Lançamento previsto segundo semestre de 2021 pela gravadora Kuarup.

Fotos

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando, você está ciente de nossos Termos de Uso