OS TRÊS PORQUINHOS

27/04/2019   -   Sábado às 16:00 h   -   Infantil   -   60   -   Livre
Marília   -   Teatro Municipal   -    Avenida Rio Branco, s/n
INFORMAÇÕES
SINOPSE
FOTOS


Atenção!


Sessão com ingressos esgotados.

Descrição

                    **PROIBIDA ENTRADA APÓS O INÍCIO DO ESPETÁCULO**
 

OBS: CRIANÇAS DE 0 A 1 ANO E 11 MESES NÃO PAGAM, 2 ANOS OU MAIS PAGAM MEIA ENTRADA, APRESENTAR CERTIDÃO OU RG NA ENTRADA DO EVENTO!

 

**TIPOS DE INGRESSOS**
UNIMED: Cliente com o Cartão do Plano de Saúde
MEIA: CRIANÇAS, Professores (e funcionários do quadro escolar), Estudantes, Pessoas acima de 60 anos, Portadores de Deficiência e seu acompanhante(1).

 

SINOPSE
OS TRÊS PORQUINHOS

Musical infantil de Antonio Veiga

 

Com NENÊ ALCÂNTARA - REINALDO COLMANETTI, WALTER NAVARRO e GESMAR NUNES

 

OS TRÊS  PORQUINHOS é uma das mais famosas fábulas, adorada por crianças do mundo inteiro há décadas, aqui numa versão musical super divertida. Presentes há séculos no imaginário infantil, os três porquinhos são personagens que divertem a garotada, mas, ao mesmo tempo, transmitem mensagens importantes, que ajudam na construção do caráter da criança. Talvez por isso este clássico universal da literatura infantil sobreviva com tanto vigor e seja conhecido no mundo inteiro.

 

OS TRÊS PORQUINHOS é um conto de fadas cujos personagens são exclusivamente animais. As primeiras edições do conto datam do século XVIII, porém, imagina-se que a história seja muito mais antiga. Baseado no original do folclorista australiano Joseph Jacobs, o musical infantil  conta a história de Heitor, Cícero e Prático, três porquinhos   que decidem construir suas casinhas.

Heitor faz sua casa de palha para ser mais rápido e sobrar m ais tempo para brincar. Cícero faz a casa de madeira, pois também não gosta muito de trabalhar, prefere brincar. Mas Prático, o mais velho, prudente e trabalhador, faz a sua casa com cimento e tijolos, pois ele quer morar com tranqüilidade e segurança.

Um dia aparece um lobo faminto que, com um sopro, derruba a casa de palha, com dois sopros derruba a casa de madeira. Os porquinhos apavorados correm para a casa de Prático. O lobo sopra, sopra mas não derruba a casa de tijolos e cimento.

Humilhado, envergonhado e inconformado, o lobo tenta enganar os porquinhos usando vários disfarces, mas não consegue.  No final ele é que será enganado pelos porquinhos e mandado para o zoológico.

Fotos